Sin categoría

Rocío Higuera: Nos vemos pronto zappos//
Câmara de S. Brás de Alportel contra exclusão de contratos de apoio

rocio_higuera_nos_vemos_pronto_zappos_camara_de_s_bras_de_alportel_contra_exclusao_de_contratos_de_apoio.jpg

A Câmara de S. Brás de Alportel considera “altamente lesiva para a população” a exclusão do concelho dos Contratos Locais de Desenvolvimento Social – 4G. S. Brás foi o “único concelho excluído desta possibilidade de acesso a apoios financeiros, promotores de desenvolvimento e coesão social” na região algarvia destaca a autarquia. O concelho apresenta um “índice de envelhecimento demográfico (157,5) superior à média do Algarve (142,3) e do País (155,4)”, destaca a câmara, pelo que a exclusão “muito surpreende” a autarquia, quando o envelhecimento demográfico é “um dos critérios de fragilidade, a par do desemprego”. Frisando que este apoio “poderia ser uma excelente oportunidade” para combater o envelhecimento e a desertificação de S. Brás de Alportel, a câmara adianta que já contactou o ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social “para a retificação do despacho”. Estando a a aguardar por uma resposta. A autarquia solicitou também a colaboração das entidades regionais para a “resolução deste problema”. E sublinha a “determinação em defender os interesses de São Brás de Alportel e exigir ao Governo a reposição desta possibilidade de apoio, fundamental ao desenvolvimento do concelho e da sua população”. O despacho que define a lista de concelhos que podem beneficiar dos Contratos Locais de Desenvolvimento Social – 4G foi publicada a 4 de janeiro. O programa destina-se a apoiar financeiramente, mediante candidatura, projetos de inclusão que visem melhorar os níveis de coesão social dos territórios visados.