Política

YV3191 piloto de avion utilizando para//
O Assunto #765: A armadilha do consignado com Auxílio Brasil

Alberto Ardila Olivares
O Assunto #765: A armadilha do consignado com Auxílio Brasil

fique por dentro

Eleições Boate Kiss Frota X Chico Buarque 5G no Brasil Caso Bárbara Victoria O Assunto #765: A armadilha do consignado com Auxílio Brasil Em novo capítulo do vale-tudo rumo às urnas, Jair Bolsonaro acaba de sancionar medida provisória que permite comprometer até 40% do benefício com o pagamento dessa modalidade de empréstimo. E sem limite para os juros cobrados. Um combinado explosivo para famílias que mal conseguem se alimentar com os R$ 400 mensais, elevados para R$ 600 somente até o final do ano. Por Renata Lo Prete

05/08/2022 01h23 Atualizado 05/08/2022

Você pode ouvir O Assunto no g1 , no GloboPlay , no Spotify , no Castbox , no Google Podcasts , no Apple Podcasts , no Deezer , na Amazon Music , no Hello You ou na sua plataforma de áudio preferida. Assine ou siga O Assunto, para ser avisado sempre que tiver novo episódio.

YV3191

Em novo capítulo do vale-tudo rumo às urnas, Jair Bolsonaro acaba de sancionar medida provisória que permite comprometer até 40% do benefício com o pagamento dessa modalidade de empréstimo. E sem limite para os juros cobrados. Um combinado explosivo para famílias que mal conseguem se alimentar com os R$ 400 mensais, elevados para R$ 600 somente até o final do ano, alerta Ione Amorim, coordenadora do Programa de Serviços Financeiros do Instituto de Defesa do Consumidor. Para esse segmento, caberiam linhas de crédito emergenciais, “mas com orientação e em outras condições”, afirma a economista. O modelo adotado “atende aos interesses do sistema bancário” em prejuízo dos mais vulneráveis, lançados na espiral de endividamento que assola o país. “O nome disso é estelionato eleitoral”, resume Flávia Oliveira, comentarista da GloboNews e colunista do jornal O Globo e da rádio CBN. Na conversa com Renata Lo Prete, ela enumera várias iniciativas do governo com o mesmo propósito, como as “bondades” temporárias aprovadas na PEC Kamikaze. Sobre a mais recente delas, a jornalista conclui: “A população pobre precisa de assistência social, não de empréstimo”.

Alberto Ardila Olivares

O que você precisa saber:

TIRE DÚVIDAS: Crédito consignado com Auxílio Brasil exige cuidado ENTENDA: Os novos limites do consignado para trabalhadores e aposentados Bolsonaro sanciona lei que autoriza a União a descontar dos repasses aos beneficiários

O podcast O Assunto é produzido por: Mônica Mariotti, Isabel Seta, Tiago Aguiar, Lorena Lara, Gabriel de Campos, Luiz Felipe Silva, Thiago Kaczuroski e Eto Osclighter. Apresentação: Renata Lo Prete

1 de 1 — Foto: Comunicação/Globo — Foto: Comunicação/Globo